jusbrasil.com.br
16 de Dezembro de 2017

Veja como advogar em Portugal e quanto pode ganhar um advogado em terras lusitanas

Novo CPC (www.novocpc.bloggs.com.br)
há 5 meses

Se você quer atuar como advogado em Portugal, confira tudo que você precisa saber para poder exercer a profissão. Os profissionais de advocacia que pretendem morar em Portugal ficam em dúvida se podem ou não exercer a profissão no país europeu. Outra questão que surge frequentemente é, quanto ganha um advogado em Portugal?

Muitos advogados com carreiras já consolidadas no Brasil têm o sonho de mudar de país com a família, buscar mais tranquilidade, qualidade de vida e continuar trabalhando na sua área de atuação. Hoje vamos te mostrar como é possível atuar como advogado em Portugal.

Documentos para inscrição na Ordem

São necessários alguns documentos e o pagamento de € 300 para a inscrição na Ordem dos Advogados Portugueses. Para a documentação no país europeu é necessário:

  • Certidão da OAB;
  • Certificado de conclusão de curso de Direito;
  • Inscrição na OAB (cópia do processo);
  • Fotos 3×4;
  • Certidão de nascimento;
  • Carteira de Identidade de Advogado;
  • Passaporte válido;
  • Certificado de antecedentes criminais no Brasil;
  • Certificado de antecedentes criminais em Portugal.

*Para requerer a inscrição na OAP, o advogado brasileiro não pode ter sofrido nenhuma condenação em processo disciplinar na Ordem dos Advogados no Brasil.

Quanto ganha um advogado em Portugal ?

Mas afinal, quanto ganha um advogado em Portugal? Os salários de um advogado em Portugal variam de acordo com a cidade e com o tamanho do escritório.

Um advogado formado e com registro na Ordem começa a ganhar entre € 800 e € 1000 por mês em um escritório de advocacia renomado.

Advogados experientes podem ganhar bastante

Já um advogado com mais tempo de experiência em um escritório recebe em média € 2.109,00. Mas, é claro, que advogados renomados em Portugal ganham muito mais do que isso, quem tem mais de 10 anos de profissão e trabalha em uma sociedade chega a ganhar € 8.000,00.

Autorização para morar em Portugal

Os advogados brasileiros que queiram exercer a profissão em Portugal não carecem da apresentação do Título de Residência se um profissional de Portugal (registrado na Ordem dos Advogados Portugueses) se responsabilize pelo seu trabalho e informe o seu endereço de escritório profissional.

Trabalho para advogados brasileiros em Portugal

Começar a vida em país novo não é uma tarefa simples. Diferentemente do seu país de origem, as pessoas não te conhecem, você não tem colegas que estudaram com você, ainda não tem uma reputação construída e é preciso recomeçar.

A retomada da carreira em Portugal pode ser um processo lento e depende muito dos seus contatos, experiência e habilidades. Essa experiência é única e varia de pessoa para pessoa.

É preciso ter uma boa reserva financeira para se manter pelo menos no primeiro ano, até que as coisas se ajeitem e você comece a trabalhar. O mercado de advocacia em Portugal não está em alta e é um carreira que depende muito dos seus contatos e indicações (assim como no Brasil).

Oura coisa para se levar em consideração é que os portugueses não costumam processar por pequenas causas, como acontece no Brasil. A maior parte dos problemas são resolvidos amigavelmente, ou com o registro de uma reclamação no livro de reclamações (obrigatório nos estabelecimentos em Portugal). Isso faz com que não exista um volume muito grande de pequenos processos.

Começar uma carreira em Portugal

Para conseguir começar uma carreira como advogado em Portugal, o ideal seria atuar como advogado em uma grande organização (Departamento Jurídico de multinacionais, por exemplo) ou então em um grande escritório já consolidado para se ambientar nos processos e em como as coisas funcionam no país.

Depois dessa experiência inicial é possível abrir seu próprio escritório e conquistar sua cartela de clientes.

Acesse: http://www.novocpc.bloggs.com.br

Curta: https://www.facebook.com/onlinenovocpc/


Fonte: www.eurodicas.com.br

Veja também !

Saiba como advogados e profissionais jurídicos podem estudar o Novo CPC online e obter certificado de conclusão.

Equipe de advogados desenvolve pacote de petições cíveis para dar suporte a profissionais e escritórios da área jurídica no peticionamento e processo de ajuizamento das ações

15 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Muito bom, esclarecedor. parabéns! continuar lendo

Quem se interessar em viver em Portugal, independente da profissão, e tiver ascendente nascido em Portugal, contate-me.
Presto serviço para obtenção de cidadania portuguesa independentemente dos trâmites burocráticos do consulado e com custo de obtenção bem menor. continuar lendo

Eu tenho pai e avós paternos portugueses, todos falecidos e quero agilizar minha cidadania. Não pretendo de forma alguma exercer advocacia em Portugal. Aliás, já estou abandonando a profissão no Brasil por total descrédito nessa justiça que anda mais devagar do que passos de cágado. continuar lendo

Eu gostaria de saber se você está em Portugal ou no Brasil e porque afirma que presta serviço fora dos trâmites burocráticos do consulado e com custo bem menor. Fora dos trâmites burocráticos a cidadania não acontece. É o que eu acho. continuar lendo

Estou tentando descobrir isso. Estou investigando meu passado europeu. Como devo fazer? continuar lendo

Depende do preço. Vejo retorno ok? continuar lendo

Acredito que, antes de tudo, necessário se faz ao advogado pretendente providenciar conhecer a legislação portuguesa bem como a jurisprudência. É preciso estudar o direito positivo do país. continuar lendo

Muito bom! Obrigado pelas informações. Parabéns!

Ainda na ceara de advocacia no exterior, como podemos advogar nos países vizinhos (Uruguai, Argentina ou Paraguai)? continuar lendo